Playlist: Álbuns Que Mais Tocam Nos Meus Fones De Ouvido

Processed with VSCOcam with f1 preset

Iai gente, tudo bem com vocês? Espero que sim. Bem, o post de hoje será musical. Vou apresentar pra vocês os álbuns que mais tocaram nos meus fones de ouvido nos últimos meses.

Tenho a mania de que quando encontro uma música boa eu embarco de vez no álbum do artista em que ela se encontra, talvez com a esperança de encontrar uma tão boa quanto-que na maioria  das vezes é bastante frustrante. Mas nisso encontrei bandas/artistas no qual me identifiquei bastante e virei fã.

Então vamos aos álbuns, que disponibilizarei através do Spotify.

Cry Baby (Melanie Martinez)

CRY BABY-MELANIE MARTINES_MINIMALIA

A Melanie já apareceu aqui no blog com uma das musicas que me fazem refletir sobre a vida. Confesso que quando ouvi uma musica dela pela primeira vez (Sippy Cup, pra ser mais exato), fiquei meio que com uma pé atrás. Gosto de pop, mas ela me pareceu meio plástica, não sei explicar direito. Mas depois de ouvir o álbum com mais atenção me apaixonei pela baixinha novaiorquina e pela sua doce obra de arte, Cry Baby. Tenho só a agradecer minha amiga que indicou essa fofura de cantora.

Dystopia (Megadeth)

megadeth-dystopia

 

Fiz um post exclusivo para esse que se mostra ser um dos melhores álbuns do Megadeth desde Rust in Peace. No post contei os motivos que tanto me atraíram nesse álbum: desde suas letras violentas e reflexivas sobre a situação sócio-politica em que nos encontramos até os riffs insanos que não ouvíamos a bastante tempo.

Worship Music (Anthrax)

Anthrax-Worship-Music1

Ahh, o bom e velho thrash metal. Esse álbum é um pouco antigo, de 2011, e ele é bastante especial pra mim. Além das letras que nos fazem pensar no nosso lugar no mundo e lutar por aquilo que somos e da sonoridade brutal ele me remete a bons tempos que vivi. Então sempre que quero me sentir um pouco melhor e me lembrar das coisas boas eu escuto a quebradeira do Worship Music.

Gold Cobra (Limp Bizkit)

GOLD COBRA-LIMP BIZKIT_MINIMALIA

Limp Bizkit sempre foi conhecida por ser polêmica no melhor estilo bad boy. E esse álbum, assim como os outros, refletem todo essa “brutalidade” bad boy da banda. Assim como Worship Music o álbum é de 2011. Com uma sonoridade um pouco mais pesada em relação com os outros álbuns da banda, ele remete a toda raiva e sentimento da banda em relação com as declarações da mídia sobre a índole deles. A mensagem que ele passa é de que devemos ser aquilos que somos apesar do que os outros dizem.

Tell Me I’m Pretty (Cage The Elephant)

TELL ME I'M PRETTY-CAGE THE ELEPHANT_MINIMALIA.jpg

Nas minhas aventuras de conhecer bandas não-tão-famosas dei de cara com essa que viria a ser um belo vício em minha vida. A banda já deu as caras aqui no blog também no post sobre as  musicas que me fazem refletir sobre a vida com a Cry Baby. Desde que conheci a Cage The Elephant eu estava na maior hype pra ouvir esse álbum, e no lançamento quase tive uma overdose de música indie, o álbum estava surpreendentemente INCRÍVEL. Respeitando as raízes mas com uma maturidade técnica que mistura várias vertentes desde alternative a rock de garagem, Tell Me I’m Pretty se tornou bastante querido por mim.

 

Comente aqui se você conhece/gosta de algum desses álbuns. Não esqueça de compartilhar com seus amigos! Até o próximo post, fui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s